Captura de Tela 2022-07-01 às 15.37.45.png
gap_horizontal.png

EXPOSIÇÕES - 2017

linha.jpg
gap_horizontal.png
2017sitemds.png

SONHAR O MUNDO

Exposições passadas - 05/12/2017

Em comemoração ao dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, o MDS junto com os 18 museus da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, Sistema Estadual de Museus e o Memorial da Inclusão, realizarão a terceira edição da Ação Sonhar o Mundo.
Neste ano tema será: Solidariedade. Um ponto importante para a comunidade LGBT! Não deixem de participar, durante a semana sonhar o mundo (05 a 10/12), receberemos doações de produtos de higiene pessoal que serão doados a organizações LGBT.


#sonharomundo #MundoSolidario #commuitoorgulho #mds #museudadiversidadesexual #omelhordacultura #culturasp #governosp

 

gap_horizontal.png
gap_horizontal.png
2017solidao.png

SOLIDÃO

Exposições passadas - 10/10/2017

Exposição “Solidão” 
Período expositivo: 10 de outubro de 2017 a 13 de janeiro de 2018.
Artistas: Adams Carvalho, Alex Cerveny, António Teixeira, Cláudio Caropreso, Daniel Melim, Guilherme Gafi, Higo Joseph, Ida Feldman, Júlio de Paula, Jorge Morabito, Luma Assis, Magdalena Marciniak, Malu Pessoa Loeb, Paulo Von Poser, Sandra Martinelli, Sheila Goloborotko e Teresa Berlinck

 

gap_horizontal.png
2017Topo-Site-Diversa-2017-A.png

2º Amostra Diversa

Exposições passadas - 13/06/2017

A Mostra Diversa, que acontece a cada dois anos, está em sua segunda edição e tem como objetivo abrir espaço para novos artistas, novas propostas e experiências relacionadas à diversidade sexual e traçar um panorama da produção artística sobre a temática. Fazem parte dessa segunda edição o questionamento do binarismo de gênero, a discriminação e violência sofrida pela população LGBT, a transexualidade, a montação e o questionamento dos padrões excludentes da sexualidade.

 

gap_horizontal.png
MDS_abr2017_Espelho-5.png

Ramon Souza

O ESPELHO DE JOÃO

Exposições passadas - 08/04/2017

Em “O Espelho de João”, o protagonista se enxerga como uma menina ao se olhar no espelho e precisa de ajuda para entender a sua identidade.

São Paulo, 31 de março de 2017 — A transexualidade é um assunto que, por conta do tradicionalismo do brasileiro e receio de muitos pais, ainda não é amplamente discutido com crianças e adolescentes. Pensando nisso, o escritor e jornalista itaquaquecetubense Ramon de Souza, autor de “Rato Urbano” (2011) e “Meus preciosos contos tristes” (2017), lançará no dia 8 de abril o livro infantil “O Espelho de João”, que conta a história de uma criança transgênero.
A obra possui vinte páginas e é recheada de ilustrações de domínio público para prender a atenção dos baixinhos. O roteiro narra o cotidiano conturbado de João, um garoto que não sabe o que fazer após perceber que, ao se ver no espelho, ele enxerga a si mesmo em uma versão feminina. O personagem enfrenta dificuldades sociais e represálias de amigos até encontrar o aliado que finalmente o ajudará a entender e aceitar sua identidade de gênero.
“Por mais que o livro pareça excessivamente polêmico, acredito que é muito importante incluir a transexualidade na literatura infantil. Falar sobre gênero com crianças, diferente do que muitos pensam, não tem nada a ver com sexualizá-las. Quanto mais cedo o indivíduo aprender que o transgênero é algo comum e natural, maiores são as chances dele se tornar um adulto que respeite as diferenças e contribua para uma sociedade mais igualitária”, afirma o autor.
O lançamento, que também incluirá uma sessão de autógrafos com o escritor, ocorrerá no Museu da Diversidade Sexual (localizado dentro da estação República do metrô de São Paulo), no dia 8 de abril, a partir das 15h. Os visitantes poderão adquirir exemplares do livro à pronta-entrega por apenas R$ 10; ao fim do estoque, será aberta uma lista de encomendas na qual cada unidade custará R$ 15 com frete incluso para todo o Brasil. As formas de pagamento aceitas são dinheiro e cartões de crédito e débito (Mastercard e Visa).
“Estou ansioso pelo lançamento. O livro teve uma excelente cobertura da mídia especializada e ótimas resenhas de blogs literários que puderam ler o PDF antecipadamente. É gratificante poder incluir as crianças transgênero na literatura infantil”, conclui o autor.

Sobre o autor: Ramon de Souza tem 22 anos e é autor de dois livros publicados pela Editora Multifoco: “Rato Urbano” (2011) e “Meus preciosos contos tristes (2017). Também já participou de seis antologias literárias ao longo de sua carreira. Jornalista premiado internacionalmente, acredita que a literatura pode e deve sofrer transformações com o passar do tempo, ganhando uma linguagem mais acessível e abordando temas contemporâneos. Sua marca registrada é a escrita informal, sem firulas, reflexo de sua personalidade caótica e boêmia.

 

gap_horizontal.png
imgbloco_sqee2017.png

Bloco Será que el_é?

Atividades passadas - 17/02/2017

Pela primeira vez em seus cinco anos de história, o Museu da Diversidade Sexual, equipamento cultural do Governo do Estado de São Paulo, sai com um bloco de Carnaval. O bloco, chamado “Será que el_ é?”, desfila no dia 17 de fevereiro, sexta-feira, e serve como um aquecimento para a exposição de mesmo nome que o museu abre no dia seguinte, 18 de fevereiro, sábado.

O Carnaval sempre foi um espaço de inclusão da diversidade sexual e a ideia do bloco é que cada participante saia do armário, escolha uma letra da sigla LGBT e se monte para celebrar a diversidade. Vamos de homem, mulher, trans, travesti, drag, andrógino, lésbica, gay, não binário… Vale tudo!

Ao som de marchinhas clássicas de Carnaval com muita montação, o museu convida os foliões para brincarem pelas ruas do centro de São Paulo deixando o preconceito e o desrespeito bem longe da festa.

A concentração do bloco “Será que el_ é?” começa às 18h no Largo do Arouche, com saída marcada para as 20h. O roteiro do bloco passa pela Vieira de Carvalho, Praça da República, Avenida São Luís, Praça Ramos, Teatro Municipal e Avenida São João, passando por locais onde vive e convive a comunidade LGBT.

gap_horizontal.png
imgevento_MDS_fev2017_MeleFel.png

Lançamento do livro Antônio Neto

Mel e Fel

Exposições passadas - 19/02/2017

No dia 19 de fevereiro, às 15h30, o Museu da Diversidade Sexual, equipamento cultural do Governo do Estado de São Paulo, promove o lançamento de “Mel e Fel”, livro no qual Antônio Teixeira Benevides Neto relata a história de sua vida e sua transição de gênero e sua vivência como transexual. Em relatos sinceros e sem filtros, o autor nos conduz ainda pelo universo da prostituição. Após atravessar muitas dificuldades, inclusive financeiras, a personagem dessa história real, assume sua nova identidade como Nádia, depois de fazer programas durante 10 anos na Europa, e já com pouco mais de 40 anos, retorna a sua terra natal, onde decide passar novamente por uma mudança física e… o final dessa história você acompanha no livro “Mel e Fel”.